• Os achados do prédio

    22 de maio de 2010 • Decor

    Pois eh, viver em um prédio que têm 425 apartamentos pode ter muitas vantagens, mas certamente várias desvantagens também! Uma delas é compartilhar a lavanderia, já que é proibido ter máquinas próprias nos apartamentos. Minha mãe sabe o quanto eu sofri de nojo quando vim morar aqui! Pensava em tudo que os vizinhos poderiam querer lavar e enfim… Vamos combinar que máquina de lavar é algo bem intímo, né? Eu pelo menos tinha essa impressão até vir pra cá!

    Meses se passaram, tive que me acostumar com o fato de não ter uma lavanderia exclusiva, mas achei uma ótima sessão dentro da própria lavanderia: os achados e doados!  Todos os objetos tralhas que as pessoas não querem mais elas deixam lá! Ja economizei de comprar várias revistas ótimas porque tavam para doação! Mas que maravilha, não?

    Então vocês imaginam o tamanho da minha felicidade quando achei um quadro bem digno para colocar no meu banheiro.

    O quadro era novíssimo, todo embalado e nem pensei duas vezes em trazê-lo pro meu apê.

    Não é uma obra de arte, mas perto dos que eu tinha totalmente sem graça achei que esse resolve minha solução de decor do banheiro por um bom tempo.

    p.s. tive que trazer o quadro pra fotografar na sala, porque meu banheiro é super escuro e não tinha jeito de fazer uma foto por lá.  A parede é branca e acho que essa moldura dá uma super destacada, quebrando aquele efeito de banheiro sem vida.

    Viva o lado bom de viver em um prédio com tantos vizinhos “desapegados”! Pra colaborar com o esquema do prédio, deixei os meus antigos lá e na minha outra ida na lavanderia eles também já tinham se ido… Boa troca, com certeza! :)

    Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Pin on Pinterest0Share on Tumblr

    2 Comentários para Os achados do prédio

    1. ju
      22 de maio de 2010 at 20:15

      Legal mesmo, Le!! Vou torcer pra você encontrar mais achados! bjos!!!!

    2. Pingback: DIY – Novo (velho) quadro | Para minha mãe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *