• Quero um Buldogue Francês!

    20 de janeiro de 2011 • Acessórios, Decor

    O sonho frustado de infância, o de não ter tido um cãozinho, ficou anos adormecido e de uns tempos pra cá voltou a me perturbar! hehe!

    Não sei se é o instinto materno prévio (dizem que é normal querer ter um cão antes de um filho), se é a carência de morar em um país distante, se é justamente a influência dos canadenses loucos por cachorros (no meu prédio, minhas estatísticas “olhísticas”, de 10 pessoas, 7 tem cães).

    Aqui não existem cachorros abandonados (diz um amigo que tem, mas nunca vi). Essa coisa de sair na rua e um cachorro ir atrás de ti, querendo que tu o adote, não existe. O que existe são donos fanáticos por seus bichinhos, que saem com eles na neve, no calor, no frio de rachar!

    Se fosse pra ter então teria que comprar um cão, já que não existe a possibilidade de adotar em Toronto (cidade de primeiro mundo se reflete até nisso!). No caso de ter que escolher um, acho que de todas as raças que eu amo, iria de buldogue francês! Eles são fofos, bem afetuosos com os donos sem serem dependentes demais, podem ficar em apartamento e são higiênicos porque tem menos pêlos que a maioria (já basta meus cabelos! rsrs).

    Esse cachorrinho fofo era de uma menina que tinha um blog muito legal, mas ela desabilitou o site!

    Amei as molduras amarelas e o dog!

    Fonte: Design Sponge

    Que amados!

    Me apaixonei por esse filhote! <3

    E se não tiver jeito de ter um dog agora, vou me conformando com itens de decoração. Já viram como tem coisas de buldogues ultimamente?

    Quadros para dar uma alegrada…

    Via Design Sponge

    Via Casa e Jardim

    Ameiii demais essa moldura turquesa (minha cor favorita) com um desenho de um buldogue!

    Na Urban Outfitters também tem um buldogue para decorar a casa, estilo brega descolado, bem a cara da Urban.

    E esses dias navegando por aí, vi essa almofada e achei fantástica! Esse é o buldogue inglês, favorito das minhas best friends, se eu tivesse mais habilidade, tentaria algo parecido em buldogue francês (e uma pena que não sei da onde é essa almofada, se alguém descobrir me avisa!).

    E esse dog nesse apartamento exótico?

    Via Livingetc

    Então é isso, enquanto não tenho um filhote, vou achar algo na decoração para me contentar no momento.

    Já tenho uma impressão para um quadrinho, agora só falta achar a moldura certa. Nesse site Feed your Soul, tem vários trabalhos legais de designers para baixar gratuitamente. Com um pouco de imaginação e uma moldura diferente, dá um toque super personalizado para casa.

    Quando ficar pronto, mostro aqui! :)

    Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Pin on Pinterest0Share on Tumblr

    11 Comentários para Quero um Buldogue Francês!

    1. 20 de janeiro de 2011 at 17:15

      Nós tivemos uma cadela antes de ter um filho…. era uma sharpei linda (aqueles todo enrrugados). Ela morreu em 2009 e ficamos arrasados!! não penso em cachorro tão cedo, apesar de morrer de amores!

      • ledavolli
        20 de janeiro de 2011 at 17:40

        Ba, deve ser horrível! Cachorro vira membro da família e um super compromisso tambem, né? É pra vida toda, até eles se irem! :( O Gus nao quer de jeito nenhum, mas acho que depois que a gente tiver um, ele vai amar! Hehehe…

    2. Thais
      21 de janeiro de 2011 at 09:00

      Amiga, tu conhece bem meu amor pelos bulls. O inglês é o meu preferido mas o francês é um encanto tb, to até procurando um pra comprar. Agora eles perdem pêlos sim, mais do que cães como a Babí, por exemplo. Mas vale a pena gastar uns minutinhos diários escovando os pêlos pra ter um destes. Dá uma olhada no google “du champagne kennel” pra mim um dos melhores criadores de french bulldogs. Beijão

      • ledavolli
        21 de janeiro de 2011 at 09:36

        Ai amiga, eu quero tanto um! Eh que o Gus nao quer e a gente mora em ape pequeno mas vi que eles ficam bem em ape pequeno pq nao gastam muita energia! Que eh um cao para dentro de casa! Sobre os pelos, socorro!!! Nao sabia disso! Mas tb, isso eh um detalhe, neh? Vou entrar no site! Com certeza a melhor coisa seria comprar no Brasil, pq aqui eu vi um Buldogue (inglês) por $$$3.500 dólares e eles ja saem da clinica com aquele chip de identificação sabe? O francês não deve ser muito mais barato que isso, né? Beijao!

    3. maria cristina simon
      23 de janeiro de 2011 at 16:54

      Cachorrinho que meigo……Imagina ter um filho que nunca irá crescer , isso é um animal de estimação.Pelo resto da vida desse amorzinho…..banho, comida, remédio (sinhe eles tb ficam doentes) xxix e coco muuuito coco.
      Acho que em 15 anos juntei uns 600 kg de MERDA .
      Minha norinha pensa bem……..
      Sogrinha querida.

      • ledavolli
        24 de janeiro de 2011 at 09:58

        Nao vai ser agora agora! Mas vou ter um ainda! :)

    4. 24 de janeiro de 2011 at 21:09

      oi, Letícia! eu tb sou brasileira, tb moro em Toronto e tb tenho um blog! :D
      uma amiga minha no Brasil descobriu vc e me mandou o seu link, já que temos tanto em comum! e eu tô adorando ler as suas aventuras! tem de tudo (de bom) um pouco!
      eu e meu marido temos uma yorkshire, mas ficamos MUITA na dúvida em comprar um Buldogue Francês! eu encasquetei que queria um branco com mancha preta no olho e só estava esperando encontrar um pra comprar. mas um dia passamos em frente a um pet e eu SIMPLESMENTE me apaixonei por um filhote de yorkshire… não pudemos levar pq todos estavam vendidos e eu fui dormir chorando… no dia seguinte meu marido chegou em casa com a nossa filhota, a Kate! depois entra no meu blog que tem umas fotos dela! é a coisa mais linda!
      espero que vc tb goste dos meus pots! ;-)
      bjim!

      • ledavolli
        24 de janeiro de 2011 at 22:18

        Nossa, que maximo!!!!!!!!! :D Não sabia do teu blog! Tô indo agora conhecer agora, o blog e a tua filhota! :) Beijao

    5. 26 de janeiro de 2011 at 08:00

      Le, cachorros com pelo curto perdem eu acho mais pelo que os compridos… A nossa era um horror! perdia quilos de pelo!
      Mas valia a pena, ela era um amor.

      • ledavolli
        26 de janeiro de 2011 at 10:15

        Pois eh, Dani, a Thais tb comentou aqui isso! Que louco, ne? Tinha lido que nao perdia tanto pelo! O Lo não pede um cachorrinho? rs rs

    6. Pingback: Anel Buldogue | Para minha mãe

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *